Voltar para Home

Leite x isotônico

Qual é a melhor pedida para se reidratar depois de fazer exercícios?

divisoria

Depois de dar duro em um treino aeróbico (como correr ou andar de bicicleta), qual é a melhor pedida para repor a água e os sais minerais perdidos: tomar isotônico ou um copo de leite?

À primeira vista, as bebidas isotônicas, à base de água, carboidratos e sais minerais, parecem ser a melhor opção. Afinal, elas são elaboradas especialmente para hidratar os praticantes de atividades físicas intensas e prolongadas, nas quais perdemos muito líquido.

Mas, na verdade, o leite vence o isotônico no quesito hidratação – e deixa até a água para trás. Essa foi a conclusão de um estudo recente, que comparou várias bebidas e mostrou que o leite, integral ou desnatado, mantém o corpo mais hidratado e por um período maior do que todas as outras opções (incluindo água e suco), especialmente por ser mais rico em sódio e potássio, minerais que regulam a entrada e saída de água das nossas células.

No estudo, o leite integral levou uma leve vantagem sobre o desnatado. Segundo os pesquisadores, isso acontece porque ele é mais rico em gordura e, por isso, fica mais tempo no estômago para ser digerido, retardando a produção de urina para eliminar a água. “Os isotônicos, por terem só carboidratos, são digeridos mais rapidamente do que o leite integral”, afirma Antonio Herbert Lancha Junior, professor de nutrição da Escola de Educação Física e Esporte da USP (Universidade de São Paulo) e coordenador do Laboratório de Nutrição e Metabolismo da mesma faculdade.

Lancha acrescenta que outro trunfo do leite são suas proteínas. “O fator determinante para mantermos a quantidade adequada de água no sangue é a albumina, presente na clara do ovo. A caseína do leite é quebrada em aminoácidos que são usados na produção de albumina por nosso organismo”, explica. “Por isso o leite é, sem dúvida, uma excelente opção para hidratação.”

news_isotonico

VEJA TAMBÉM:

Previous Post